Confraria: os 5 mandamentos para organizar uma reunião entre cervejeiros

Se degustar uma boa cerveja já é sempre bom, apreciar entre amigos é melhor ainda. Organizar grupos de degustação serve não apenas para socializar e se divertir, mas também para compartilhar conhecimento cervejeiro. Geralmente as reuniões de confrarias são baseadas em algum tema que pode ser um estilo específico (degustação horizontal), uma categoria ou uma escola cervejeira. Dessa forma, cada participante compra uma ou mais cervejas com as características determinadas e todos degustam juntos, possibilitando que se conheça vários rótulos de uma vez.

Outra forma de estipular o que cada um deve levar é deixando o tema livre e definindo um preço médio para a cerveja. Por exemplo: alguns cervejeiros fazem encontros para degustação de rótulos exóticos e difíceis de ser encontrados. É comum também centralizar a escolha dos rótulos e a compra em um único membro do grupo, dividindo o valor total por todos os degustadores. Se você quer organizar uma confraria, confira os 5 mandamentos que o The Beer Planet listou para garantir o sucesso do seu evento: Uma confraria sem erros!

Confraria sem erros
Padronizar os copos é importante para que todos tenham a mesma experiência sensorial.

1 – Sirva a todos em copos iguais ou parecidos

Copos específicos para diferentes cervejas são criados para exaltar as notas sensoriais de cada estilo, proporcionando uma experiência perfeita. Recomendamos o uso para degustações individuais, e se você quiser, pode aprender mais sobre copos aqui. Mas para beber junto, podem ser usados copos coringas para todas as amostras, como ISO, pokal, taça de vinho, pint ou uma simples caldereta. O mais importante é que os copos de todos sejam iguais ou parecidos, porque já que o formato do copo influencia na nossa percepção sensorial, seus amigos podem ter experiências distintas ao degustar – o que não é desejável se o intuito for conversar sobre as cervejas.

2 – Tenha um serviço uniforme

Por esse mesmo motivo, é importante ter cuidado com a uniformidade ao servir. Alguns estilos são refermentados na garrafa, demandando um cuidado especial ao serem compartilhados. Para servir uma cerveja de trigo, principalmente a Weiss, o ideal é girar a garrafa antes mesmo de abrir, para que todos os copos recebam a levedura que fica depositada no fundo – enquanto no serviço individual, despejamos todo o conteúdo da garrafa no copo Weizen, girando só no final. Já no caso das belgas, que também são refermentadas, o fundo não deve ser servido, porque são estilos que devem apresentar aparência límpida. Se o fundo não for deixado na garrafa, a última pessoa a ser servida vai receber uma amostra bem diferente das outras – turva e com sabor mais intenso. Outro tipo que merece cuidado é a nitro, que deve ser compartilhada rapidamente, para que todos percebam a mesma ação do nitrogênio. Se demorar, as últimas não vão ter a mesma cremosidade.

Degustação e confraria sem erros
Resíduos gordurosos nas taças e copos podem comprometer o visual da cerveja.

3 – Cuidado com a limpeza dos copos

Quando o copo está com resíduos de sujeira, principalmente gordura, se formam bolhas ao servir a cerveja. A aparência lembra um refrigerante, já que por mais que a cerveja seja carbonatada, não é normal ficar com bolhas grudadas no copo. Isso geralmente acontece por usar a mesma esponja para lavar louças gordurosas e copos, então a dica é ter uma esponja para cada finalidade. Existe inclusive uma própria para isso, que é mais delicada e não arranha o vidro ou cristal. Recomendamos ainda o uso de detergente neutro, para não influenciar no aroma da cerveja. E o ideal é que a secagem seja ao natural, porque pano de prato costuma deixar fiapos.

4 – Temperatura de serviço

Tenha cuidado também para não gelar demais! Enquanto as cervejas mainstream são servidas estupidamente geladas, as artesanais devem ser apreciadas em temperaturas de 2 a 12 graus, dependendo do estilo. Quanto mais alcoólica e complexa for a cerveja, menos fria ela deve estar, para que as notas sensoriais sejam melhor percebidas.

5 – Se servir petiscos, harmonize

Quando uma cerveja não combina com a comida, parece que ambas são ruins. Já quando harmoniza, uma ressalta o sabor da outra, gerando um terceiro sabor ainda melhor do que da bebida e do prato separados. Por isso, é importante equilibrar a potência da comida com a intensidade da cerveja, e também buscar uma interação entre os sabores. Em regra geral, pratos leves pedem cervejas suaves, enquanto comidas robustas vão bem com estilos mais alcoólicos, amargos, carbonatados ou ácidos. Dá para harmonizar desde jantares até petiscos simples, como queijos e embutidos.

Agora que você já sabe as principais dicas para mandar bem na degustação entre amigos, é só convidar a galera para escolher as cervejas no The Beer Planet e agendar a próxima confraria!

http://blogthebeerplanet.com.br/lei-da-pureza-the-beer-planet-responde/

5 copos coringas que não podem faltar para degustar suas cervejas!

Seja em casa ou em um bar com os amigos, tomar sua cerveja favorita é digno de um happy hour. E você já deve ter percebido que cada tipo de cerveja que você pede no bar o garçom traz em um copo diferente. Pode parecer frescura, mas a explicação é mais específica do que pode parecer.
O tipo de copo influencia diretamente na apresentação da cerveja e na experiência individual de cada estilo, desde a formação da espuma à liberação do aroma. Por isso, não ache que cada cervejaria procura criar seus copos apenas com o intuito de divulgação da marca. As características da cerveja são levadas em consideração ao desenhar o copo, para que o formato seja o mais adequado e as principais características da cerveja sejam exaltadas.
Por outro lado, hoje existem mais de 120 estilos de cervejas e fica quase impossível ter todos em casa ou comprar um novo a cada marca que você for degustar. Por esse motivo, elegemos os 5 principais copos, para que você consiga fazer suas degustações e aproveitar ao máximo as características de cada estilo. Vamos a eles:

1 – Pint

 

copos coringascopos coringas

Esse é um dos mais versáteis copos que temos, com seu formato simples e que comporta uma boa quantidade de cerveja. Sua base mais estreita que a boca ajuda a não esquentar rapidamente a cerveja. Também considerado como uma unidade de medida, sendo equivalente a 473ml nos Estados Unidos e 568 ml na Inglaterra. Use-o para degustar os estilos Bitters, American Pale Ale, Stouts, India Pale Ale, Brown Ale, Extra Special Bitter (ESB) e Porters.

2 – Tulipa

copos coringas
Taça Karmeliet Tripel 200ml

copos coringas

copos coringas
Taça Delirium Tremens 330ml

copos coringas

De tamanho normalmente baixo, um elegante corpo arredondado e um boca mais estreita permite que você deguste a cerveja sem mexer muito na espuma, assim como na retenção da carbonatação e da temperatura do líquido. Ela lembra uma taça de conhaque, mas com a borda virada para fora que encaixa perfeitamente na boca. Sinta-se à vontade para usá-la com uma Belgian Strong Ale, Bock, Tripel, Saison e Lambics.

3 – Cálice

copos coringas
Taça Belgian 380ml – The Beer Planet Coleção Estilos

copos coringas
Taça Chimay

Também conhecido na Bélgica como Goblet, esse tipo de copo é ideal para cervejas mais encorpadas e que apresentam notas sensoriais complexas, pois a abertura da boca possibilita sentir os aromas enquanto você dá um gole na cerveja, assim como sua haste evita a transferência de calor para o líquido. Normalmente são bem trabalhados e cheios de ricos detalhes, como um entalhe no fundo que permite a alimentação constante da espuma. Dentre os estilos que podem ser degustado estão as Trapistas, Dubbel, Tripel e Quadrupel.

4 – Pilsner

copos coringas
Taça Brassaria Ampolis Windsor do Mussum 300ml
copos coringas
Taça Coruja Roma 300ml

Um clássico modelo para diversos estilos de cervejas, também conhecido como Pokal. Possui uma boca mais estreita, que proporciona a retenção e direcionamento de aromas não tão evidentes, assim como ajuda a sustentar a espuma por mais tempo. Experimente utilizá-lo para cervejas dos estilos American Lager, Pilsner, Vienna Lager, Dunkel, Blond Ale, Helles, Bock e Doppelbock.

5 – Weizen

copos coringas
Copo Weihenstephaner Weiss 500ml

copos coringas

Copo Schornstein Weizen

Esse é um dos modelos que, apesar de não ser ideal para outros estilos, é essencial ter um exemplar em casa para aproveitar o melhor das suas cervejas de trigo. Como os principais rótulos do estilo são encontrados em garrafas de 500ml, esse copo proporciona servir todo o líquido, apreciando a beleza de sua cor e armazenando o grande e cremoso colarinho que é formado quando servido o fundo com as leveduras, além de uniformizar o paladar da cerveja do início ao fim.

Gostou desas dicas? Quer todos? Na Loja The Beer Planet temos uma coleção de copos dedicada ao principais estilos. Clique aqui e adquira o seu.

copos coringas

Conte para a gente quais você já tem!! Para completar sua coleção, você pode adquirir copos e taças na loja The Beer Planet e receber em casa.