7 cervejas para beber antes de morrer

Existem tantas cervejas boas no Brasil e no mundo, que poderíamos indicar várias que você não deveria deixar de provar. Mas sempre tem alguns rótulos que ficam marcados na memória, se destacando mundialmente no estilo em que se propõem. Por isso, o The Beer Planet listou 7 cervejas que você precisa beber antes de morrer! Confira:

Weihenstephaner Hefeweissbier

7 cervejas
Weihenstephaner Hefeweissbier 500ml

Estilo: Weissbier | ABV: 5,4%
Produzida desde 1040, a Weihenstephaner é a cervejaria mais antiga do mundo em atividade.
Se você gosta de cerveja de trigo, saiba que este rótulo alemão é a maior referência no estilo! Apresenta coloração âmbar com típica turbidez, pois não é filtrada. Notas de cravo, banana e cereais são marcantes no aroma e no sabor, com paladar bem equilibrado entre a base maltada e suave acidez. Uma cerveja levemente encorpada, de baixo amargor, refrescante e muito fácil de beber.

Bierland Vienna

7 cervejas
Bierland Vienna 500ml

Estilo: Vienna Lager | ABV: 5,4%
Com nada menos que 18 medalhas em concursos nacionais e internacionais, a catarinense Bierland Vienna é considerada a melhor Vienna Lager do Brasil, sendo a mais premiada do estilo. Essa é uma cerveja que agrada desde aos iniciantes, até aos paladares mais exigentes. De coloração avermelhada, apresenta notas adocicadas que remetem a caramelo, com toques lupulados florais e cítricos. O paladar é equilibrado entre dulçor e amargor, com sabor tostado em destaque. Sua fábrica fica instalada em Blumenau, a Capital Brasileira da Cerveja!

Tripel Karmeliet

7 cervejas
Tripel Karmeliet 330ml

Estilo: Belgian Tripel | ABV: 8,0%
Outro rótulo que encanta os cervejeiros sem espantar quem está começando é a cerveja belga Tripel Karmeliet. É produzida pela Brouwerij Bosteels, mesma fabricante da famosa DeuS, a partir de uma receita original de 1679 do mosteiro carmelita de Dendermonde. Seus 8% de teor alcoólico são bem inseridos, sendo bem equilibrados pelo dulçor com notas frutadas e condimentadas, e delicioso toque aveludado devido à adição de trigo e aveia.

Chimay Blue

7 cervejas
Chimay Blue 750ml

Estilo: Quadruppel | ABV: 9,0%
Com incríveis 100 pontos no RateBeer, a Chimay Blue é uma legítima Quadruppel trapista. De coloração castanha com feixes avermelhados, apresenta aroma de frutas escuras secas, caramelo e especiarias. Seu sabor adocicado e corpo denso sustentam o teor alcoólico elevado.
Experimente harmonizar com trufa de chocolate belga e tenha uma experiência incrível!

Trappistes Rochefort 10

7 cervejas
Trappistes Rochefort 10 330ml

Estilo: Quadruppel | ABV: 11,0%
Do mesmo estilo que a Chimay Blue, porém mais alcoólica, a Trappistes Rochefort 10 também é uma autêntica cerveja trapista, produzida pelos monges da Abadia de Notre-Dame de St. Remy. É encorpada e licorosa, de paladar adocicado e notas frutadas e condimentadas, com nuances de toffee e chocolate. Essa obra divina conta com 100 pontos no RateBeer e ocupa a 10ª posição no ranking geral, estando entre as 10 melhores cervejas do mundo!

Founders KBS

7 cervejas
Founders KBS 355ml

Estilo: Imperial Stout | ABV: 11,3%
Em 17º lugar no ranking geral do RateBeer está a KBS, da cultuada cervejaria americana Founders, com 100 pontos no estilo Imperial Stout. Para intensificar as notas torradas, essa receita conta com adição de chocolate e café, sendo posteriormente envelhecida por um ano em barris de carvalho que abrigaram Whisky Bourbon. Agora imagina essa maravilha harmonizada com um brownie coberto por sorvete de creme… Não dá pra só imaginar, né? Tem que provar!

Backer Três Lobos Bravo

7 cervejas
Três Lobos Bravo 600ml

Estilo: Imperial Porter | ABV: 9,0%
Outra cerveja artesanal que não fica pra trás é a premiadíssima Bravo, da linha Três Lobos da cervejaria mineira Backer, eleita 2ª melhor cervejaria da América Latina pelo South Beer Cup em 2016. Segue o estilo American Imperial Porter e é maturada em barris de umburana, madeira tipicamente brasileira. Apresenta notas torradas e tostadas que remetem a café, chocolate amargo e caramelo, com paladar predominantemente amargo, mas bem equilibrado pelo dulçor e sabor amadeirado marcante. Uma cerveja encorpada, licorosa e deliciosamente complexa!

E aí, quais você já degustou? Conte pra a gente como foi sua experiência! E se ainda não conhece essas cervejas, você pode adquirir na loja The Beer Planet e receber na sua casa.
😉

5 Receitas de Drinks com Cerveja

Hoje é Dia Nacional do Cocktail e, para celebrar, o The Beer Planet convidou a sommelière e bartender Érica Barbosa para ensinar a fazer coquetéis com cerveja!  Mas antes de se aventurar nas receitas propostas, é interessante entender alguns conceitos. Ao criar um drink com cerveja, o ideal é associar as características sensoriais do estilo com os demais ingredientes.

Por exemplo, uma Imperial Porter, da escola cervejeira Inglesa, combina muito bem com whisky, da coquetelaria Europeia. Ambos são alcoólicos e intensos, com notas tostadas e torradas que conferem amargor em equilíbrio com um leve adocicado. Já para fazer drinks cervejeiros refrescantes, a dica é se inspirar em drinks clássicos da coquetelaria Tropical e utilizar cervejas que tragam sensação de frescor – geralmente possuem baixo corpo e teor alcoólico, podendo ter lúpulos cítricos ou acidez acentuada.

Em geral, a cerveja não deve ser misturada com ingredientes à base de leite, já que cria duas camadas devido à sua carbonatação. Você pode abrir uma exceção para uso de sorvete, mas utilize chantilly na superfície para inibir a troca de gases. Outra observação é quanto ao uso de gelo, pois não é indicada a mistura com a cerveja. O ideal é gelar a taça e/ou mixar os demais ingredientes na coqueteleira com o gelo, depois coar e adicionar a cerveja. É importante lembrar que, também por ser carbonatada, não se deve levar a cerveja à coqueteleira – a mistura deve ser feita direto no copo (ou em um mixing glass).

Com um pouco de criatividade e seguindo essas dicas, há uma infinidade de possibilidades para você criar seu próprio drink. A cerveja pode ser misturada a destilados, licores, xaropes, vermutes, sucos de frutas, bitteres, espumantes, refrigerantes e até mesmo outro estilo de cerveja. O fundamental para se obter um bom coquetel é o equilíbrio entre os ingredientes, para que todos estejam em harmonia entre si, criando sabores surpreendentes!

Receitas:

1 – Beer Spritz (criado por Érica Barbosa)

• 50ml Aperol
• 125ml espumante moscatel
• 100ml cerveja Witbier
Guarnição: squeeze de laranja
Copo: taça de vinho

Preparo: Encher o mixing glass (ou um copo grande) de gelo e despejar o Aperol, espumante e a Witbier. Mexer suavemente com uma colher e coar com o strainer (ou peneira), transferindo para a taça.

Cerveja indicada: Bierland Witbier

2 – Cosmokriek

• 50ml vodka
• 15ml de Cointreau
• ½ limão siciliano
• 50ml de cerveja Kriek Lambic
Guarnição: cereja ao fundo
Copo: taça martini

Preparo: Encher a taça de gelo e água e reservar. Mixar a vodka com o Cointreau e suco na coqueteleira cheia de gelo. Esvaziar a taça previamente resfriada e transferir a mistura para a taça, coando com o strainer. Completar com a Fruit Lambic.

Cerveja indicada: Liefmans Kriek Brut

3 – Beer Shake

• 50ml licor de chocolate
• 150ml cerveja Stout
• 3 bolas de sorvete de creme
• 3 gotas de essência de baunilha
Guarnição: chantilly com calda de chocolate e cereja
Copo: taça milk shake, caneca ou pint

Preparo: Mixar o licor com a essência e o sorvete na coqueteleira até dissolvê-lo. Transferir para o copo e completar com a Stout. Mexer suavemente com a bailarina (colher).

Cerveja indicada: Young’s London Stout

4 – Sex on the Beer (criado por Érica Barbosa)

• 30ml licor de pêssego
• 150ml suco de laranja
• 100ml cerveja Weizen
• 15ml grenadine
Guarnição: laranja com cereja marrasquino
Copo: taça hurricane ou long drink

Preparo: Mixar o licor com o suco na coqueteleira cheia de gelo. Transferir para o copo coando com o strainer e completar com a Weizen. Finalizar com um lance de grenadine no canto do copo, para que chegue ao fundo.
Cerveja indicada: Weihenstephaner Hefe Weissbierf

5 – Caipi Cerveja

• 50ml vodka
• 150ml cerveja Pilsen
• 1 limão
• 2 colheres de açúcar
Guarnição: rodela de limão
Copo: on the rocks, caldereta ou long drink

Preparo: Cortar o limão em 8 pedaços e macerar com o açúcar na coqueteleira. Encher de gelo, despejar a vodka e mixar. Transferir para o copo coando com o strainer e completar com a Pilsen.

Cerveja indicada: Schornstein Pilsen

Curtiu as dicas? Você pode adquirir as cervejas indicadas na loja The Beer Planet e receber em casa!  🙂